Semanas

Sintomas da gravidez

A dor pélvica

Dor pélvica na gravidezAs mulheres grávidas podem padecer de dor pélvica. Este sintoma da gravidez reflete um possível problema na pelve, isto é, na cavidade óssea da bacia, entre a abertura da vagina e o ânus. Pode se situar esse problema em órgãos como útero, ovários, trompas de Falópio, vagina, bexiga ou reto.

Outra das causas da dor pode ser uma infeção, problemas musculares ou de ossatura. Este tipo de sensação pode se manifestar durante a menstruação ou mesmo durante o ato sexual.

Em linguagem médica, este sintoma de dor pélvica pode se dividir em três: a vulvodínia, a endometriose ou afibromatose uterina.

A dor pélvica na gravidez é normal?

A dor pélvica na gravidez decorre um relaxamento das articulações pélvicas e um posterior enfraquecimento do peso da barriga e do útero devido à ação de um hormônio chamado rilaxina. Esse hormônio é responsável para preparar a musculatura e as articulações da pelve, para que na hora do parto, se dilate e o bebê possa passar.

Dor pélvica na gravidez: o que fazer?

Quase 50% das mulheres sentem dor pélvica durante a gravidez, mas algumas medidas podem ajudam a aliviar e até mesmo evitar as dores:

  • Evite deitar de barriga pra cima com as pernas estiradas;
  • Evite fazer grandes esforços físicos e não carregar muito peso;
  • Pratique exercìcios físicos leves durante a gravidez, como pilates e yoga;
  • Terapias manuais, massagens e a alongamentos feitos com um fisioterapeuta ajudam a fortalecer os músculos da pelve e evitar a dor;
  • Usar cintas para grávidas, como as de sustenção e calcinhas com reforço na barriga durante toda a gestação ajudam a previnir e aliviar as dores.

Assista um vídeo informativo sobre as possíveis causas da dor pélvica e quais os tratamentos possìveis:

 

©2015 aGravidez.com es una web de Summonpress

or

Forgot your details?