Home >>  Sexo  >>  Sexo na gravidez de risco

Sexo na gravidez de risco

Se sua gravidez é considerada de risco ou surgem situações especiais que podem complicar a gestação, o médico sugerirá espaçar ou abandonar as relações sexuais.sexo na gravidez

É recomendável abster-se de sexo na gravidez nos seguintes casos:

  • Se há antecedentes de aborto sem causa;
  • Se tem menos de 36 semanas de gravidez e existem riscos de parto prematuro;
  • Por hemorragias vaginais sem explicação;
  • Se existe placenta prévia. Isto ocorre quando a placenta se situa na parte inferior cobrindo de forma parcial ou total o colo do útero e torna impossível o parto vaginal;
  • Se você tem dores intensas e cãibras abdominais anormais e o médico considera que não é um sintoma normal de gravidez;
  • Por incompetência ístmico-cervical, até ao mês posterior de seu tratamento cirúrgico A incompetência ístmico-cervical se caracteriza pelo fato de o colo do útero ser insuficiente para o bebê até ao final da gravidez. Pode ser uma condição congénita ou adquirida, por parto com fórceps, dilatação cirúrgica…
  • Quando há dilatação do colo do útero ou rutura precoce das águas, porque podem facilitar o surgimento de gérmenes na cavidade amniótica;
  • Durante tratamentos por herpes vaginal ou outras infecções;
  • A partir do último trimestre de uma gravidez múltipla.

Leia mais:

Recomendações para bom sexo durante a gravidez 

Benefícios do sexo na gravidez 

Relações sexuais na gravidez 

Até quando posso ter sexo na gravidez?

O que ocorre com o feto durante as relações sexuais?

 

 

Tags: ,

Gostou deste post?
Gostaria de manter-se atualizada(o)?