Home >>  O seu bebê, semana a semana  >>  Semanas 1, 2 e 3 da gravidez

Semanas 1, 2 e 3 da gravidez

O início da gestação corresponde ao primeiro dia do último ciclo menstrual, uma data que o médico registra para poder calcular a data previsível de seu parto.

Por exemplo, se você estiver grávida de 3 semanas significa que na realidade passou apenas 1 semana desde que o seu bebê foi concebido.

O bebê nas semanas 1, 2 e 3 da gestaçãoA gravidez de termo dura cerca de 40 semanas. E os bebês que nascem de parto prematuro na semana 37 são considerados prematuros, enquanto os que nascem após a semana 42 se chamam pós-maturos.

O desenvolvimento do bebê

 A vida dentro de si começa quando um gameta feminino é fecundado por um gameta masculino. Por outras palavras, a gravidez começa quando um óvulo é atingido por um espermatozoide.

Mais ou menos 2 semanas antes de você ter a sua menstruação, seu organismo liberta um óvulo e o tecido do útero torna-se mais espesso. Nessa altura você encontra-se em período fértil. Durante a ejaculação decorrente do ato sexual, libertam-se milhões de espermatozóides. Desses milhões, apenas algumas centenas conseguem fazer o percurso ao longo das trompas de Falópio para fecundar o óvulo. Nesse caminho, cabeça e cauda de espermatozóide se separam, sendo que apenas um espermatozóide sai vencedor dessa corrida. É ele que penetra no óvulo, iniciando o processo de divisão celular.

Fecundaçao - zigoto na gravidez
Óvulo e espermatozóide formam então uma única célula, o ovo, composto de 46 cromossomos (ou cromossomas) genéticos, metade da mãe e outra metade do pai, e que determinam o sexo da criança. Durante as 12 a 20 horas posteriores à fertilização, o ovo começa a duplicar, quadriplicar e a multiplicar-se mais vezes, transformando-se em zigoto e reproduzindo, paralelamente, o material genético do ADN (ácido desoxirribonucleico).

O zigoto abandona os ovários e percorre as trompas de Falópio (no sistema reprodutor feminino), sofrendo impulsos dos cílios da sua parede interna, durante os seguintes dias. No caminho, recebe alimentação e expele os resíduos produzidos pelas células em fase de multiplicação.

Ao fim de cerca de quatro dias após a fecundação, o zigoto cFecundaçao - mórula na gravidezontinua a se dividir até virar uma bola fina e sólida de 16-32 células, a mórula. No caminho até ao útero, a mórula volta a se dividir. Quando chega ao útero, ao fim de uma semana de fecundação, já possui 64 células e enche-se de líquido na sua cavidade central, transformando-se deste modo numa bola oca por dentro, o blastocisto (ou célula embrionária não diferenciada).  Esta nova bola de células liga-se à parede interna do útero e inicia a nidificação na parte inferior do seu revestimento – este é o processo da implantação.  No total, estas células se separam, umas para constituir a camada interna do embrião, outras para formar a camada externa que resultará na placenta e e no saco amniótico. Esta camada externa possui estruturas parecidas às raízes contidas no revestimento do útero, vindo a constituir o meio de transporte de oxigênio e nutrientes da mãe para a placenta e para o embrião.

Quanto à concepção, esta tem lugar 2 semanas após o ciclo menstrual, mas muitas mulheres não sabem a data exata. É comum o médico fazer corresponder o início da gravidez à última menstruação. Por exemplo, se a última Fecundaçao - blastocisto na gravidezmenstruação apareceu há 10 semanas, então essa será sua décima semana de gravidez, embora o bebê esteja apenas nas 8 semanas de vida. Para contar melhor as semanas da gravidez, use nossa calculadora.

Mesmo que já tenha passado uma semana após a data da concepção, até que você não dê pela falta da menstruação, não descobrirá que está grávida. Umas mães dão logo conta das mudanças hormonais ou quando sentem outros dos primeiros sintomas da gravidez. Aconteça o que acontecer, você está grávida. Parabéns!

Tags: , , , , , , , , , , , , , , ,

Gostou deste post?
Gostaria de manter-se atualizada(o)?